terça-feira, 15 de setembro de 2015

Teoria dos Cinco Elementos



  
O Universo regula-se por ele mesmo. A intervenção do Homem só é necessária porque ele próprio desregula o que a Inteligência Suprema regula. O TAO - Caminho da Sabedoria do Silêncio Interno - explica: "O conceito de tao é algo que só pode ser apreendido por intuição. É algo muito simples, mas não pode ser explicado. É o que existe e o que inexiste. Só que nós temos demasiados conceitos dentro da cabeça para o entender como um todo uno." (https://pt.wikipedia.org/wiki/Tao)

A teoria dos 5 elementos foi primeiramente documentada na China no Período dos Estados Guerreiros (476-221 a.C.) por observação e recolha de padrões da natureza e a sua extensão ao organismo humano. A Teoria dos Cinco Elementos integra a base da teoria da Medicina Tradicional Chinesa que respeita o TAO (*).

Esta teoria baseia-se nas propriedades dos cinco elementos – madeira, fogo, terra, metal, água – sendo as suas características específicas relacionadas com a fisiologia dos órgãos, vísceras e tecidos do corpo, classificados por si em cinco categorias de acordo com os Cinco Elementos em atenção às suas inter-relações.

A inter-relação dos Cinco Elementos procura a homeostasia do funcionamento fisiológico saudável de todos os órgãos, vísceras, sistemas e tecidos do corpo humano. É graças ao regular e harmonioso funcionamento do Ciclo SHENG, ciclo geracional ou de produção, e do ciclo KO, ciclo de controle e regulação, que as relações de geração e de controlo asseguram o equilíbrio entre os elementos e a normalidade dos seus processos. Contudo, uma vez que as leis dos Cinco Elementos "obedecem" à interdependência entre si, o desequilíbrio num dos Elementos ou na relação entre algum deles, repercutir-se-á no sistema gerando uma "doença" (ciclo Cheng [ciclo de agressão) e ciclo Wu [ciclo de revolta, contradominação], ciclos de agressão e revolta), inicialmente aguda, depois crónica e por fim degenerativa, que tem sempre como causa primária uma desarmonia energética que exige ser cuidada independentemente do estágio da doença. Daí ser minha recomendação a prática diária energética dos dois ciclos geracional e de regulação, controlando-os de modo quântico.
(informação complementar, acessível e interessante em:
 http://www.medicinachinesapt.com/filosofia.html)

(*) - Tao (pronuncia-se “dao”) significa literalmente “o caminho”, tanto no sentido físico como no de conduta, meio. É um princípio universal subjacente a tudo - da criação das galáxias até as interações entre pessoas. O funcionamento do Tao, de tão simples que é, revela-se complexo e frequentemente transcende

Sem comentários: